Intoxicação Alimentar: 6 Maneiras de Prevení-la.

Intoxicação Alimentar: 6 Maneiras de Prevení-la.

A quantidade de casos de intoxicação alimentar diagnosticada anualmente é alarmante, Nos Estados Unidos chega a 48 milhões de casos. Um dado mais chocante nos mostra que no ano de 2015 a intoxicação alimentar matou mais de 350 mil pessoas ao redor do mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 582 milhões de pessoas são acometidas pela intoxicação alimentar por ano através do consumo de alimentos contaminados.

A intoxicação alimentar pode acontecer a qualquer momento, pois nem sempre temos os cuidados necessários que deveríamos ter em relação ao manuseio correto dos alimentos. Ela ocorre com qualquer indivíduo, de todas as classes sociais e pode ocorrer a qualquer momento.

Portanto amigos, vamos nos dedicar um pouco a compreender como podemos evitar os perigos que a intoxicação alimentar pode causar em nosso organismo, e aqui veremos seis maneiras corretas de prevenção. Certamente passar por um processo de intoxicação alimentar não é nada agradável.

Previna a intoxicação alimentar lavando as mãos e todas as superfícies

O cuidado com a limpeza na preparação dos alimentos é uma forma muito segura evitar a intoxicação alimentar e um hábito que devemos seguir sempre que vamos lidar com a preparação de refeições. Aqui estamos falando, tanto das mãos, das superfícies aos quais os alimentos terão contato e principalmente na limpeza dos alimentos que vamos utilizar.

Sempre que vamos iniciar o manuseio de alimentos, devemos lavar nossas mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos, esfregando bem toda a superfície de nossa mão.

Faça o mesmo procedimento com as superfícies as quais os alimentos entrarão em contato, utilizando sabão ou também uma mistura de água com a famosa “kiboa” ou água sanitária e certifique-se de que as superfícies estejam realmente limpas e prontas para o manuseio dos alimentos.

Com relação as frutas e legumes, uma forma de evitar contaminação é deixa-las em uma solução com uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água, por pelo menos 15 minutos antes de utilizá-las. Lembre-se que de enxaguar as frutas e verduras e também secá-las antes do preparo.

Saiba quem está preparando seus alimentos

Quando estamos preparando nossos próprios alimentos temos a exata noção dos procedimentos que utilizamos para evitar a intoxicação alimentar. Temos ciência de que o manuseio dos alimentos está de acordo com regras adequadas, porém quando se trata de comer fora de casa sempre tome algumas precauções.

Fique de olho como os alimentos são manuseados, verifique em que ambientes estes alimentos estão sendo manuseados, caso perceba que não exista o manuseio correto destes alimentos evite comer nestes locais. Procure ir com sua família se alimentar sempre em locais dos quais você já conheça todo o local que saiba que os alimentos são preparados com toda a higienização adequada. E caso perceba algo de errado, recuse o alimento, afinal estamos falando de sua saúde.

Cozinhe bem os alimentos

Você é daqueles que tem preferência por alimentos pouco cozidos? Principalmente aquela carne malpassada, ou aquele famoso sushi? E o que falar então sobre aquela deliciosa carne de porco? Tome muito cuidado com este tipo de alimentação. Os alimentos devem ser cozidos adequadamente, respeitando o tempo necessário para sua cocção, evitando desta forma uma intoxicação alimentar indesejada.

Claro que comer uma carne malpassada é menos pior do que uma carne crua, mas ela ainda poderá conter contaminação por microrganismos, vírus e outros protozoários.

Sempre acondicione seus alimentos de forma correta

Lembre-se de sempre acondicionar os alimentos de forma correta, desta forma evitará que o alimento se contamine ou estrague. Sempre quando terminar de utilizar um alimento, guarde-o imediatamente. Ao retirar alimentos da geladeira ou do freezer, devolva imediatamente a porção da qual não irá fazer uso. Procure sempre ler nas embalagens como devem ser acondicionados cada tipo de alimentos, pois cada um deles possuem uma temperatura adequada para sua conservação. Alimentos expostos a temperatura ambiente facilitam o aparecimento e crescimento de bactérias.

Evite a contaminação cruzada dos alimentos

Quem já não chegou em casa com suas compras e foi misturando todos os alimentos, deixando-que eles entrem em contato entre si. Jogamos as frutas e verduras na pia e também colocamos as carnes para que possamos organizá-los depois.

Não cometa este erro. Sempre ao armazenar alimentos, mantenha carnes cruas longe de produtos frescos. Quando for acondicionar as carnes no freezer, procure deixa-las longe das forminhas de gelo. Ou seja, sempre separe adequadamente os alimentos evitando que eles entrem em contato um com o outro.

Cuidado com o acondicionamento das frutas e verduras nas fruteiras. Esteja sempre atento a condição destes alimentos. Procure não misturá-los e ao menor sinal de apodrecimento retire imediatamente o alimento podre, pois este contamina rapidamente os demais, levando você a perder rapidamente suas frutas e verduras.

Elimine o alimento ao menor sinal de apodrecimento ou perda de qualidade

Vamos comentar alguns cuidados sérios que devemos ter em relação aos alimentos. Talvez um dos mais importantes para se evitar a intoxicação alimentar.

Nem sempre somos cuidadosos e atentos a adequada alimentação. Quem aqui já não olhou aquele produto na prateleira, vencido a apenas 15 dias e pensou? Ah somente 15 dias, não deve ter problema consumir, afinal faz muito pouco tempo.

E aquela sobra do churrasco de domingo, junto com aquela mandioca amarelinha, e para melhorar ainda mais tem a famosa maionese da mamãe e come esse alimento até na quarta feira não é verdade?

Ou pegou aquela fruta, uma maçã, uma mexerica, que tem apenas uma parte estragada, retira o pedaço ruim e manda para o estomago? Isso são fatos que realmente acontecem entre muitos outros.

Portanto, não arrisque a sua saúde ou da sua família. Ao menor sinal de alimento estragado ou mal acondicionado, jogue fora na hora. Desta forma estará evitando que você e sua família tenha aquela famosa intoxicação alimentar que realmente não é nada agradável e pode levar a problemas sérios de saúde.

Leia Também:

Por Que Você Está Gordo
A Importância do Sono Para Uma Vida Plena e Saudável
Cerveja Engorda? O Que é Mito ou Verdade?

Luiz Claudio Garcia

Um comentário em “Intoxicação Alimentar: 6 Maneiras de Prevení-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *